Nesta segunda-feira (02) aconteceu na câmara municipal de Itapebi a audiência proposta pelo poder executivo e que contou com as participações dos professores, servidores municipais de varias outros seguimentos, da secretária de Assistência Social e outras personalidades da sociedade civil.

Formando a mesa da audiência pública estavam o Contador do município, o Procurador do Município, a secretária municipal de educação e um técnico em Educação, assessorando a secretária; já representando a APLB estavam a Coordenadora da APLB-Sindicato (Local), e o advogado da APLB-Sindicato.

Na audiência, foram expostas as opiniões da parte do governo municipal e dos representantes dos professores. Vale lembrar que aconteceram algumas interferencias de membros da platéia.

A APLB-Sindicato em publicação nas redes sociais através de sua representante Maria do Carmo dos Santos na última quarta-feira (28), em comunicado aos filiados e a sociedade em geral informou que devido a inúmeras tentativas de negociação  com o prefeito municipal, não obtiveram sucesso  quanto ao reajuste dos 33,24 %  que os profissionais  do magistério anunciam que em assembleia no dia 26 /04 /2022, por unanimidade  a categoria decidiu paralisar suas atividades a partir desta terça-feira  03 de maio e, convoca a categoria para uma concentração na sede da APLB-Sindicato, onde farão atividades de mobilização  em prol  da causa!.

Até o fechamento desta matéria (12h45m), não obtivemos posicionamento de nenhum dos lados envolvidos sobre a Audiência Pública que aconteceu nesta segunda-feira (02).

Diante do exposto o ItapebiAcontece deixa de informar  o resultado da Audiência Pública e as opiniões da APLB-Sindicato, quanto do Governo Municipal,  lados envolvidos nesta “demanda”.

‘A melhor forma de se construir algo é dialogando e este é um tema de extrema importância por se tratar de uma das áreas mais sensíveis e que carece de um olhar especial de ambos os lados‘

 

Por: Arnaldo Alves - ItapebiAcontece

BAHIA NA NET - NOTÍCIAS
BAHIA NA NET - NOTÍCIAS