NOTICIAS

NOTICIAS

TV REGIÃO

TV REGIÃO

ITAGIMIRIM

ITAGIMIRIM

Ex Prefeito Paulo Dapé em gravação para emissora de rádio abre o jogo e diz que Cordélia não aderiu a policlínica regional pois não é justo que ela não seja a Presidente do Consórcio

Sem comentários

Na última sexta-feira (09) o ex prefeito Paulo Dapé realizou uma participação em um programa de rádio onde deixou claro que a sua esposa e atual gestora do município de Eunápolis, Cordélia Torres (DEM) não aderiu a policlínica regional por não ser a Presidente do CISCD - Consórcio Interfederativo de Saúde Costa do Descobrimento

Aparentemente já totalmente recuperado da covid-19 o ex gestor gravou um áudio para o radialista Senna Santos e afirmou de maneira categórica e leviana que o governador do estado da Bahia, Rui Costa (PT) estava “perseguindo” o município de Eunápolis pelo simples fato de não colocar sua esposa como presidente do Consórcio. Totalmente desprovido de conhecimentos técnicos e tentando ludibriar a população, Dapé, induz aos ouvintes a acreditar que não houve eleição para a escolha da presidência do consórcio, sendo que a eleição foi realizada no ano de 2020 e o prefeito de Cabrália Agnelo Silva Santos foi eleito democraticamente para gerir o CISCD - Consórcio Interfederativo de Saúde Costa do Descobrimento

FATOS X FAKE

O que Paulo Dapé não revelou aos ouvintes foi que a partir do momento em que a prefeita de Eunápolis foi contactada pelo governador Rui Costa (PT) foi franqueado a gestora que se fosse do seu interesse que solicitasse uma nova assembleia e que ela colocasse seu nome para concorrer à presidência do CISCD, contudo a prefeita de Eunápolis jamais demonstrou interesse em participar de novas eleições. 

Outra mentira pregada por Paulo Dapé foi que a Policlínica Regional deveria ser gerida por Cordélia Torres pois está situada no município de Eunápolis. Porém de acordo com dados coletados, diversas policlínicas regionais instaladas na Bahia NÃO possui o gestor da cidade sede como presidente, e nem isto foi um empecilho para a instalação da unidade no município, muito menos a sua adesão. 

Dapé foi irresponsável em afirmar que o governador quer fazer política barata ao não entregar a presidência do CISCD a prefeita Cordélia Torres, e ainda finaliza sua fala, dizendo: “Se o governador quer fazer política barata, que faça sem a participação de Eunápolis e Porto Seguro”. 

A  indicação para Gerir a policlínica é o governador Rui Costa que indica uma especialista com formação em gestão de Policlínicas com curso de especialização feito na Escola de saúde pública da Bahia, uma profissional extremamente técnica para que não ocorra interferências políticas

EUNÁPOLIS PERDERÁ DEZENAS DE ESPECIALIDADES POR MERO CAPRICHO DA PREFEITA POR NÃO SER A PRESIDENTE DO CONSORCIO 

Em 100 dias de governo a prefeita de Eunápolis já conta com uma rejeição gigantesca até mesmo por seus mais fiéis apoiadores. A principal bandeira de campanha da gestora que foi a saúde está totalmente sucateada e sem equipe técnica para compor os setores. A população relata que falta até dipirona no hospital regional, e que desde o dia 01/01/2021 nenhum exame (simples ou complexo) está sendo agendado no município.  

Com a implantação da Policlínica Regional vários gargalos na saúde deixariam de existir, bem como exames de alta complexidade estariam sendo disponibilizados diariamente a população, muitos deles que através da Ubs demorariam até 12 meses para ser agendados. 

Também vale ressaltar que a prefeita de Eunápolis por vaidade, bloqueia o acesso dos munícipes a uma unidade avançada de saúde meio a pandemia do novo coronavirus, fato que gera ainda mais revolta na população, pois, Eunápolis tem sido uma das cidades do extremo sul com maior índice de contaminação e mortalidade pela Covid-19.

Mas esta não é a primeira vez que Paulo Dapé se manifesta em desfavor do governador enaltecendo sua esposa, antes desta última declaração, Dapé disse que Cordélia é uma mulher corajosa por afrouxar medidas restritivas de combate ao coronavirus no município de Eunápolis, sendo o ex gestor, sua esposa estava “peitando” o governador Rui Costa. Contudo, devido à falta de eficiência nas medidas restritivas Eunápolis está com quase 9 mil casos de infectados pelo novo coronavirus e já soma 130 óbitos.

Eunápolis perde esta grandiosa modalidade em saúde pública totalmente gratuita, porém o ex gestor Paulo Dapé quando foi acometido pela Covid-19 teve condições financeiras de ser transferido para SP para um dos melhores hospitais do País, onde dispôs de um pulmão extracorpóreo, cujo tratamento custa em média R$ 30.000 por dia.


Fonte: Aline Werneck 

Visite Eunápolis antes que se acabe "Gestão sem Direção".

Sem comentários

Por: Bahiananet.com.br

Os moradores de Eunápolis no Extremo Sul da Bahia estão vivendo mau momento com a gestão irresponsável da prefeita Cordélia Torres onde a Prefeita ainda não estar sabendo administrar um município tão grande como Eunápolis e quem está pagando o preço são os moradores e a saúde pública.

No início do mandato da Prefeita Cordélia 7 vereadores se mostraram se fazer oposição administração da prefeita onde mesmo eles criaram uma sigla "G7 - Grupo dos 7 vereadores", em menos de um mês esse grupo acabaram e deixando o povo sem nenhuma esperança de ser representado pelo esse grupo de 7 vereadores,  o que se comenta nas ruas da cidade que esses 7 vereadores que se mostraram se fazer oposição foi chamado pela a Prefeita e a Prefeita deu o que eles queriam e o grupo do "G7" se acabaram e hoje caminhar abraçado com administração dos descaso e abandono da prefeita de Eunápolis.

Os moradores estão pensando em fazer uma faixa com a seguinte frase "VISITE EUNÁPOLIS ANTES QUE SE ACABE" e botar na entrada de Eunápolis.

100 dias de governo: prefeita de Eunápolis, Cordélia Torres entra para a história como o pior desastre em gestão pública

1 comentário

Neste sábado, 10, a prefeita de Eunápolis, Cordélia Torres, completa seus 100 dias de governo, e entra para a história regional, por estar construíndo uma das piores administrações públicas já vista nesta região.

Desde o primeiro dia de seu governo, ela já se mostrou que seria uma traidora do seu grupo político, trazendo de outras cidades parte do seu secretariado desconhecido, magoando aqueles que sempre estiveram ao lado do grupo do seu esposo, nos momentos mais difíceis.

Em seguida, sua pior decisão, foi a mudança brusca do seu comportamento, diferente da Cordélia pés no chão, dançando e abraçando o povo humilde, para quem ela mentiu e enganou. Esse afastamento, criou ódio no seio das massas, tornando-a a prefeita mais detonada por essas mesmas comunidades, nas redes sociais e demais veículos de comunicação. Os bairros e locais mais distantes por onde ela caminhava pedindo votos, estão sem a mão e o olhar da gestão pública.
No decorrer desses 100 dias de Governo, a população de Eunápolis viu, diariamente, a gestão cometer uma enxurrada de erros primários, de mentiras, auto promoções, lives exibicionistas e sem nenhum benefício para o povo.

Nesses 100 dias de governo, a prefeita preferiu o caminho da indiferença com as comunidades, ao tomar certas diretrizes inócuas, decretos mal elaborados, uma Saúde Pública deficitária, diferente do que pregava, o emperramento das licitações, as determinações para o isolamento do secretariado, e o mais grave, o desmantelamento do corpo técnico, substituído por agentes sem as devidas qualificações.

Por fim, o que aconteceu de mais danoso, foi o emperramento da máquina administrativa, produzindo nesses 100 de governo, o abandono das vias públicas, onde o mato toma conta, a proliferação dos  buracos, a falta iluminação, postos de saúde fechando por falta de insumos básicos, e a falta de prumo e coordenação das ações.

A prefeita fecha esses 100 dias de governo, sem dizer para que foi eleita, e o pior, conseguiu atrair para si, uma das maiores rejeições da Bahia. O ódio e a revolta contra seu governo tomam conta das ruas.


Fonte: AgazetaBahia

Especialidades: O Governo Municipal de Itagimirim disponibilizou para a população nesta sexta feira (9/abr), mais uma especialidade.

Sem comentários

Agora é a vez da ortopedia, pacientes que antes precisavam se deslocar do município para serem consultados, a partir de agora tem a comodidade de ser atendido pelo Dr. André Vergara.

Como nas outras especialidades, a marcação é feita nos PSF’s do município.
Governo Municipal de Itagimirim
Uma Nova História


DEPCOM - Governo Municipal de Itagimirim

Bomba: População de Eunápolis ficará sem acesso à Policlínica Regional

Sem comentários

Milhares de pessoas no município de Eunápolis, ficarão sem acesso à Policlínica Regional com sede nesta cidade, por birra política e ignorância da prefeita Cordélia Torres, que até o momento não se prontificou a aderir ao Consórcio de Saúde da Costa do Descobrimento.

O município de Eunápolis perdeu o prazo, e com isso, a população não terá acesso a dezenas de especialidades e exames altamente sofisticados de todos os tipos, como cirurgias, tomografias e tratamentos diversos.


Este é o pior ato contra o povo praticado pela prefeita Cordélia Torres.


A Câmara de Vereadores vê tudo isso e se mantém estática, não toma providência e não pressiona a prefeita, para que, independentemente da política rasteira, faça de imediato a adesão.



Fonte: Agazetabahia

Belmonte: Suposto áudio vazado da Secretária de Finanças revolta concursados prejudicados pelo Prefeito Bebeto Gama.

Sem comentários

Um áudio, possivelmente gravado em janeiro, atribuído à Secretária Municipal de Finanças e esposa do gestor de Belmonte, Eunice Gama, veio à tona nas redes sociais e gerou uma grande revolta nos 109 concursados prejudicados pelo Prefeito Bebeto Gama. Para quem não lembra, os servidores foram afastados por um decreto municipal no início do mês passado depois que o gestor denunciou, o que chamou de “possíveis irregularidades” ocorridas durante o processo legal do certame. Agora esses 109 nomeados tentam reverter os efeitos da atitude do prefeito na justiça enquanto estão sem seus salários e passam necessidades.

No áudio, a voz, que está sendo atribuída à esposa do prefeito, conversa com uma interlocutora e diz que os concursados estavam “atrapalhando” a contratação de pessoas pela a atual gestão na época da conversa. Ela ainda menciona que o Prefeito Bebeto Gama chegou a pedir ao ex-prefeito Janival Borges para não nomear os concursados porque o gestor iria precisar das vagas para acomodar, ao que parece, o pessoal que ajudou o mesmo na campanha. “Agora mesmo teremos que nomear 101 concursados. Eu tô querendo botar pessoas e não posso. Tô travada… Dá uma tristeza ver tantas pessoas querendo trabalhar, mas não posso (contratar) devido ao concurso.” No áudio, a suposta voz da esposa do prefeito, admitiu que os concursados tinham direito às vagas, pediu oração e se mostrou incomodada por ver tanta gente de fora que fez e passou no concurso legalmente tomando posse e as pessoas de Belmonte sem poder trabalhar.

Se verdadeiro, o áudio mostra uma “renovação” atuando com as velhas políticas que sempre emperraram o município que é de transformar a Prefeitura em um “cabide de empregos” para acomodar apadrinhados, só que, agora em uma versão bem pior, já que, o atual gestor parece estar querendo passar por cima do direito de pessoas que estudaram e se esforçaram para conseguir uma vaga no serviço público. “Ouvindo um áudio desse me dá nojo. Eu estudei muito para passar nesse concurso, trouxe minha família para morar em Belmonte e me deparo com esse sentimento mesquinho.” – Comentou uma concursada prejudicada que veio de outra cidade, está passando necessidade e luta para arrumar um dos contratos temporários oferecidos pela própria Prefeitura até que a situação se resolva.

Prefeitura de Belmonte já estava com a folha inchada desde janeiro quando o prefeito Bebeto Gama contratou 274 pessoas.

Com base na explicação dada pela voz do áudio atribuída à esposa do prefeito, nossa equipe fez um levantamento na folha de pagamento do mês de janeiro, início da atual gestão e única disponível até o momento. O que descobrimos é que a folha de servidores foi inflada pelo próprio prefeito que contratou sem concurso público 219 funcionários e nomeou para cargos comissionados mais 55 pessoas, sendo que, os 109 servidores prejudicados ainda estavam na ativa. Nossa equipe ouviu uma pessoa que já prestou serviço à Prefeitura de Belmonte na área de gestão de pessoal. “Os dados apresentados derrubam a afirmação do prefeito atual. Os contratos temporários e as nomeações para cargos comissionados aconteceram nessa gestão, já que, na transição de governo, o ex-prefeito foi obrigado a demitir todos os contratados. Pelo que eu vejo, 109 servidores concursados pesam mais do que 274 apadrinhados do prefeito. É um absurdo.” – Comentou o especialista que hoje presta serviço em outro município.

Antes do fechamento dessa reportagem, tentamos entrar em contato com a Secretária Municipal de Finanças, Eunice Gama, que nos falou que iria fazer uma consulta, mas não emitiu nenhum comentário sobre o áudio e nem retornou o contato.



Fonte: MaisBn

Entrega do PAA: A equipe da Secretaria de Assistência Social e do CRAS iniciaram, hoje (8/abr), pela manhã, a entrega do grupo 1 do PAA (Programa do Biscoito).

Sem comentários

As equipes se dividiram para dinamizar o trabalho, que se iniciou no bairro Noberto Fernandes, e com muito entusiasmo fizeram um trabalho de excelência entregando os kits de alimentos nas residências, para minimizar o risco de contágio pelo coronavírus.

Fique ligado nas datas das próximas entregas:
Grupo 2 - Dia 15/abr
Grupo 3 - Dia 22/abr
Grupo 4 - Dia 29/abr
Governo Municipal de Itagimirim
Uma nova história!



DEPCOM - Governo Municipal de Itagimirim

© EQUIPE DE IMPRENSA
BahiaNaNet.com.br TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.