Teixeira de Freitas: Nossa equipe de reportagem recebeu uma cópia de ofício, que foi encaminhado pela diretora da APLB Sindicato, que é o Sindicato dos Trabalhadores em Educação das Redes Públicas Municipais e Estaduais, À Secretária de Educação do Município, a professora Regiane Chuaith Miranda. O teor do ofício é o mesmo encaminhado pelo Conselho Municipal de Educação, pedindo explicações e solicitando o não uso dos recursos da Educação na Festa da Cidade.

Segundo o ofício encaminhado pela Coordenação da APLB, “considerando que o senhor prefeito municipal de Teixeira de Freitas contratou por inexigibilidade de licitação o artista brasileiro Fernandinho, pelo valor de R$ 90.000,00 (noventa mil reais), conforme publicação no Diário Oficial deste Município para a realização de show musical no dia 09/05/2022, nesta cidade, durante as festas de aniversário da cidade, com recursos do Fundo Municipal de Educação [...] solicito informações a respeito da citada contratação e providências no sentido de sanar tal irregularidade...”

O Ofício diz ainda que usar recurso de verba vinculada contraria o que disciplina os princípios constitucionais que regem a Administração Pública, elencados no Art. 37 da Constituição Federal do Brasil. Segundo a APLB, se a Prefeitura manter a contratação, estará incorrendo em na aplicação de verba pública vinculada, com base no Art. 12, II e III, da Lei Federal n° 8.429/92, com as alterações trazidas pela Lei Federal n° 14.320, de 2021.


Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews


BAHIA NA NET - NOTÍCIAS
BAHIA NA NET - NOTÍCIAS