ELEIÇÕES 2024

ELEIÇÕES 2024

Professores e merendeiras registram boletim de ocorrência contra prefeitura de Guaratinga

segunda-feira, 7 de agosto de 2023

/ Por: ...

Professores e merendeiras registraram um boletim de ocorrência nesta quarta-feira (02) por apropriação indébita da Prefeitura de Guaratinga ao ter descontado de 70% a 50% nos salários no mês de julho.

“A Prefeitura de Guaratinga descontou na folha dos profissionais de educação mais de 50% dos salários. Pegamos nossos contracheques e descemos para a delegacia reivindicando nossos direitos e fazendo um boletim de ocorrência.[…] Nós consideramos uma apropriação indébita em nossos salários”, disse Claiton Ribeiro, coordenador da APLB Guaratinga.

Merendeiras e zeladoras foram as mais prejudicadas. “Fui punida no meu salário. Eu só recebi R$ 430 que não é justo, tenho contas a pagar. Eu quero meu dinheiro, a greve é legal e temos que receber sim”. Contou a merendeira, Maria Célia.

A situação de impasse entre a gestão municipal e a APLB vem se arrastando há meses. Em março, a gestão ofereceu um reajuste de 10% dos professores e 20% para merendeiras, porém a categoria não aceitou a proposta.

De acordo com o sindicato, o valor proposto pela prefeitura fica abaixo do piso salarial nacional estipulado em lei nos últimos três anos, onde não foi concedido 45,18%. Além do adicional de insalubridade de merendeiras e faxineiras retirado em 2022, reforma das escolas, transporte escolar e merenda de qualidade.

Há três meses a educação do município trabalha com 50% do efetivo, mantendo os essenciais serviços necessários ao bom funcionamento da rede escolar municipal.

Em nota, a Prefeitura de Guaratinga confirmou o desconto salarial no mês de julho de 50% em virtude da greve decretada pela categoria, que resultou em uma carga horária de trabalho reduzida equivalente a meio período.



Fonte: Ativafm

Mais
© BAHIA NA NET - NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados.