ELEIÇÕES 2024

ELEIÇÕES 2024

Polícia Federal cumpre mandados na prefeitura contra desvio de recursos públicos

sexta-feira, 7 de julho de 2023

/ Por: BAHIA NA NET 04

Ação, que aconteceu nesta sexta-feira (7), em Ilhéus, combate crime de desvio de recursos públicos federais usados no enfrentamento da pandemia de coronavírus em 2020.

Sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos na manhã desta sexta-feira (7), pela Polícia Federal, na Prefeitura de Ilhéus, cidade do sul da Bahia, e em casas e estabelecimentos comerciais de servidores públicos.

Segundo a Polícia Federal, os mandados fazem parte da Operação Trapaça, que é a segunda fase da Operação Nefanda, deflagrada em 2021 pela instituição. A ação combate o crime de desvio de recursos públicos federais usados no enfrentamento da pandemia de coronavírus em 2020.

Durante as investigações foi contatado que a Prefeitura de Ilhéus, mediante dispensa de licitação, contratou uma empresa sem capacidade técnica e operacional para gerir o abrigo de campanha destinado ao acolhimento de pacientes infectados com Covid-19.

Segundo a Polícia Federal, os mandados fazem parte da Operação Trapaça, que é a segunda fase da Operação Nefanda, deflagrada em 2021 pela instituição. A ação combate o crime de desvio de recursos públicos federais usados no enfrentamento da pandemia de coronavírus em 2020.

Durante as investigações foi contatado que a Prefeitura de Ilhéus, mediante dispensa de licitação, contratou uma empresa sem capacidade técnica e operacional para gerir o abrigo de campanha destinado ao acolhimento de pacientes infectados com Covid-19.

De acordo com a PF, a empresa recebeu, à época, mais de R$ 1,2 milhão para administrar o abrigo. O contrato foi analisado pela Controladoria-Geral da União (CGU), que constatou superfaturamento de mais de 82% dos valores pagos.

Com o aprofundamento das investigações, a PF informou que foi possível identificar o envolvimento de servidores públicos municipais com o desvio dos recursos públicos do contrato.

Os mandados foram cumpridos por 31 policiais federais no distrito de Olivença, em Ilhéus, e em Itabuna. Elas foram expedidos pela Justiça Federal do município.

Os investigados responderão pelos crimes de fraude à licitação, estelionato, corrupção passiva, falsidade ideológica e associação criminosa.


Fonte: BlogdoEdy

Mais
© BAHIA NA NET - NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados.