Homem agride equipe médica após supostamente ser impedido de assistir parto da esposa - BAHIA NA NET - NOTÍCIAS

DESTAQUES

PUBLICIDADES

PUBLICIDADES

terça-feira, 12 de julho de 2022

Homem agride equipe médica após supostamente ser impedido de assistir parto da esposa

Um homem foi preso, na madrugada de segunda-feira (11), após agredir uma equipe médica da maternidade em que o filho dele tinha nascido, em Rio Verde, na região Sudeste de Goiás. O caso foi flagrado pela câmera de segurança da unidade de saúde, que mostra quando ele empurra um dos funcionários contra uma parede.


O portal Metrópoles teve acesso ao boletim de ocorrência o qual informava que o homem teria ficado irritado por não estar autorizado pela maternidade ao acompanhar o nascimento do filho durante o parto.


A legislação brasileira diz que a grávida tem direito a um acompanhante durante o parto e pós-parto imediato, e no caso, os atos de violência teriam acontecido quando o homem soube que a criança já teria nascido sem a presença dele no local.


"A culpa é de vocês, vocês tiraram meu direito de assistir o parto do meu filho. Isso não vai ficar assim, vocês vão ver o que eu vou fazer", teria gritado o homem, segundo funcionários da maternidade. A equipe afirma que o pai não pediu para estar no momento.


As autoridades policiais disseram que o homem foi levado para uma delegacia onde foi preso em flagrante por lesão corporal, ameaça e vias de fato. Ele foi conduzido para a Casa de Prisão Provisória.

Um enfermeiro disse que o homem o segurou com muita força pressionando sobre as duas mãos, mas que não teria causado lesões. Já uma técnica de enfermagem alega ter sido sacudida pelo pai do bebê, enquanto ele fazia ameaças. Além desses dois, outro funcionário afirma que o homem entrou no centro cirúrgico sem autorização, acusou o médico responsável e agrediu o anestesista com socos no peito.



Fonte: Bnews

PUBLICIDADES

Responsive Ads Here