Morador de Salvador denuncia ter sido agredido com tapa no rosto por PM; vídeo flagra momento

terça-feira, 17 de agosto de 2021

/ Por: ...

Um morador da localidade do Alto das Pombas, no bairro da Federação, em Salvador, disse ter sido agredido por um policial militar, dentro da própria casa, durante uma abordagem na noite de domingo (15). Todo o caso foi registrado por câmeras de segurança de um imóvel em frente à residência.

Segundo o homem, ele estava com um grupo de pessoas próximo a um bar, vizinho à sua casa, e três policiais se aproximaram, já entrando no imóvel. Paulo Henrique Reis, de 26 anos, disse que os agentes perguntaram de quem era a casa e, no momento em que ele respondeu, foi agredido com um tapa no rosto.

“Eu estava do outro lado da rua e fui em direção a eles para saber o que tinha acontecido. Ele [um dos PMs] chegou xingando, perguntando de quem era a casa. Respondi que a casa e o carro eram meus. Ele perguntou se a rua também era minha e desferiu um tapa no meu rosto”, disse.

Em nota, a polícia disse que, segundo o comando da 41ª CIPM, responsável pela região, não houve registro de denúncias contra a guarnição específica, nem contra o policial citado pelo morador.

O homem acrescentou que a mãe dele interveio na situação e o abraçou, com medo de alguma reação, e os policiais teriam xingado a mulher e desferido outro tapa, dessa vez no braço dele.


“Eles não disseram o que procuravam. Somente perguntaram de quem era a casa e porquê estava todo mundo aquela hora na rua. Me apresentei e eles não deram tempo de falar nada”, comentou.


Ainda de acordo com o morador, um vizinho se aproximou para evitar as agressões e um dos policiais deu um chute no peito do homem. E disse também que, como outras pessoas presenciaram a cena, para não serem filmados, um dos policiais utilizaram spray de pimenta na população.


“Meu vizinho se aproximou para ver o que tinha acontecido. Eles começaram a xingar meu vizinho, deram um chute no peito do meu vizinho, ele caiu e ficou com a perna machucada. E depois queria entrar na casa para pegar ele. A família abraçou, botou dentro de casa”.

O homem disse que os policiais foram identificados pelo prenome de Emerson e Cristiano. Segundo ele, os moradores da localidade vivem temerosos quando sabem que a dupla está em operação pelas ruas e que abordagens truculentas são comuns.

“Tanto Cristiano quanto Emerson são ‘vezeiros’ de fazer isso. Esses caras são temidos. A população do Alto das Pombas e Calabar, quando sabe que eles estão de serviço, já fica aterrorizada, porque a abordagem deles é só desse jeito. Não é padrão da PM. Chegam com truculência, agressão, batendo em todo mundo. A gente fica refém”, disse o homem.

O caso foi registrado na Corregedoria da Polícia Militar nesta terça-feira.

O órgão acrescentou que o vídeo foi encaminhado para o comando da unidade para avaliação e informou que as pessoas que sentirem atingidas de alguma forma por ações violentas por parte de policiais podem procurar canais de denúncia disponíveis como o Disque Denúncia 181, pela página do órgão na internet, pelo telefone 0800 284 0011 e ou na própria Corregedoria da PM, no bairro da Pituba, em Salvador. 


Fonte: G1Bahia

Sem comentários

Enviar um comentário

Mais
© EQUIPE DE IMPRENSA
EMPRESA MJM COMUNICAÇÃO E PUBLICIDADES CNPJ: 40.198.174/0001-25.