ELEIÇÕES 2024

ELEIÇÕES 2024

Comandante geral da PM-BA destaca trabalho da polícia para evitar fuga maior do presídio de Salvador: 'resposta rápida'

domingo, 22 de outubro de 2023

/ Por: BAHIA NA NET 04

A Polícia Militar da Bahia (PM-BA) e a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) apresentaram as armas apreendidas durante a busca aos fugitivos do Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador, neste sábado (21). Em coletiva de imprensa, realizada na manhã deste domingo (22), no Quartel dos Aflitos, o comandante geral da PM-BA, Paulo Coutinho, destacou a ação da polícia para evitar uma fuga ainda maior da unidade prisional. 

A intensificação já é feita diuturnamente e a prova foi que nós tivemos um tempo de resposta rápido para impedir que essa fuga ela fosse maior ou talvez até em massa. E é justamente um trabalho feito pela Polícia Militar no entorno do sistema prisional onde nós fazemos um patrulhamento de maneira diuturna e que e que inclusive foi uma das tropas que fez frente a estancar esse processo de fogo", afirmou Coutinho.

 "Foi rápido, uma atuação muito rápida, foi esse dado que chegou pra gente e que em virtude disso, como eu disse anteriormente, reduziu a possibilidade de ter sido uma fuga maior", completou Coutinho.

Questionado sobre o trabalho conjunto das forças de segurança, o comandante também esclareceu a diferença entre a Polícia Penal e o Batalhão de Guarda nas buscas que seguem sendo realizadas. " O batalhão de guarda tem uma missão constitucional da área externa e ele é utilizado internamente excepcionalmente pela Secretaria de Administração Penitenciária. Então, são missões bem claras, distintas e complementares. Pode acontecer de atuarem juntos diariamente.  Nós fazemos a guarda do estabelecimento externo, a área perimetral do do presídio e a polícia penal ela tem a responsabilidade pela questão interna", contou o comandante.

Coutinho ainda valorizou a ação que resultou na apreensão de grande quantidade de armas, em meio às buscas pelos internos que fugiram do complexo. " A gente mostra mais uma vez através de trabalho a ousadia do crime em que se aproxima de um estabelecimento público com a quantidade de armamento e que quiçá com planejamento audacioso também a capacidade de resposta do Estado, de imediato fazer frente e recuperar todo esse material que grande poder bélico e que será outra destinação que não utilizada pelo crime", finalizou o comandante.


Fonte: BocãoNews 

Mais
© BAHIA NA NET - NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados.