Baiana de acarajé é morta em Salvador e família aponta namorado como responsável pelo crime - BAHIA NA NET - NOTÍCIAS

DESTAQUES

PUBLICIDADES

PUBLICIDADES

segunda-feira, 1 de agosto de 2022

Baiana de acarajé é morta em Salvador e família aponta namorado como responsável pelo crime

Uma baiana de acarajé de 49 anos morreu, na semana passada, após supostamente ter sido agredida pelo namorado, no bairro de Mussurunga, em Salvador. De acordo com a família da vítima, Eliene Galvão Costa foi atraída para a casa do suspeito, na segunda-feira (25), onde as agressões aconteceram durante um jantar. A mulher foi agredida com socos na cabeça e hospitalizada em uma unidade de saúde da capital baiana. Ela teve a morte cerebral confirmada quatro dias depois.


Em entrevista à TV Record Itapoan, no início da tarde desta segunda (1º), a família de Eliene disse que, no dia crime, ela estava na casa da mãe, no bairro de São Cristóvão, quando recebeu a ligação do suspeito, identificado como Daniel, um percussionista de um grupo de samba. 


“Eu quero que a justiça seja feita. Quero que esse vagabundo pague. Ela passou a tarde comigo na segunda, antes de receber o telefonema dele chamando para ‘aprontar’ a comida. Ele ainda tratou ela com desaforo. Ela respondeu que estava indo, se arrumou e saiu. Lá [na casa do suspeito], ninguém sabe o que aconteceu. Estou sem saber o que fazer por causa da minha filha, perdi ela. Quero que tudo dê certo e que esse maldito seja preso”, desabafou Luzia, mãe da baiana de acarajé.


Após as agressões, o suspeito teria ligado para a família da vítima para avisar que ela havia sido levada até uma unidade de saúde depois de sofrer oito paradas cardiácas. Na unidade hospitalar, eles estranharam o fato de Eliene ter manchas roxas espalhadas pelo rosto.


A família da mulher afirma que sabia que a vítima tinha um relacionamento marcado por brigas e agressões. Ainda de acordo com parentes, o homem tem passagem pela polícia por ter agredido uma outra companheira. O corpo da baiana de acarajé, que deixou três filhos, foi sepultado no domingo (31). O suspeito não participou da cerimônia de despedida. O caso é investigado pela Polícia Civil.


Fonte: Bnews


PUBLICIDADES

Responsive Ads Here