Um homem foi agredido por um segurança das balsas que fazem a travessia em Porto Seguro depois de entrar pelo portão de desembarque de veículos. A confusão aconteceu no domingo (24). Em nota, as empresas Rio Buranhém e Rio Nave, que operam a travessia, expressaram solidariedade ao passageiro e aos familiares que o acompanhavam e pediram desculpas pelo eventual constrangimento causado. O funcionário foi afastado do trabalho.

VÍDEO MOSTRA AGRESSÃO – Em vídeo que circula nas redes sociais, é possível ver o momento em que o segurança dá um “mata leão” (golpe em que o braço é colocado em volta do pescoço da vítima) no passageiro, que havia comprado o bilhete para acessar a balsa, mas em vez de entrar pelo portão de embarque, utilizou o portão de saída. As imagens mostram outras pessoas tentando convencer o segurança a soltar o passageiro e protestando contra a agressão.


O QUE DIZEM AS EMPRESAS – De acordo com a assessoria das empresas, antes da confusão, já havia sido pedido ao passageiro que entrasse pelo embarque, pois o acesso pelo desembarque traria risco à segurança dele e dos demais motoristas. No entanto, segundo a empresa, o homem teria desobedecido as ordens e agredido verbalmente o funcionário, que é supervisor da segurança de guichê das empresas.


Em nota, as empresas informaram “esta ocorrência está sendo apurada e acompanhada pelo departamento de relações humanas da empresa e, também, junto à empresa terceirizada responsável pela supervisão”.


Ainda de acordo com a nota, embora as circunstâncias apontem desentendimento mútuo, causado por uma entrada forçada do usuário ao pátio de embarque pelo acesso de desembarque, comprovada nos vídeos de monitoramento da empresa, as empresas que operam as balsas reforçam que não compactuam com nenhuma forma de violência.



Fonte: Radar64

BAHIA NA NET - NOTÍCIAS
BAHIA NA NET - NOTÍCIAS