Seis presos e um morto em operação da Polícia Civil

sexta-feira, 15 de outubro de 2021

/ Por: ...

A Polícia Civil da Bahia, por meio do Departamento de Polícia do Interior (Depin), deflagrou, na manhã desta sexta-feira (15), a segunda fase da Operação Unum Corpus, com o objetivo de coibir os diversos crimes nos municípios do interior do estado.

Centenas de policiais de todas as 26 Coordenadorias cumpriam mandados de prisão e de busca e apreensão sobre diversas práticas criminosas, em suas respectivas cidades.


Segundo a diretora do Depin, delegada Rogéria Araújo, as ações visam o combate a crimes que vão, desde os praticados contra o patrimônio e de gênero, até o tráfico de drogas e os violentos letais intencionais.


O delegado Moisés Damasceno, coordenador regional da Polícia Civil, informou que na Costa do Descobrimento os agentes da 23ª Coorpin prenderam seis homens e um foi morto durante a intervenção policial. Houve ainda apreensão de mais de dois quilos e meio de drogas e de uma espingarda calibre 12.


Segundo apurou a reportagem do RADAR 64, Daniel Barbosa Santos, acusado de tráfico, foi preso em Porto Seguro. Em Santa Cruz Cabrália, Lucas Mendes dos Santos, 24 anos, investigado por tráfico, foi preso e Leick Nascimento de Souza, 36 anos, acabou morto durante a intervenção policial. Na cidade de Belmonte, foram presos Rodrigo Barreto Pereira e Pedro José Souza Matos, 32 anos, suspeitos de tráfico. Já em Itabela foram presos Alessandro Silva de Jesus, 25 anos, investigado por estupro de vulnerável, e Cleidiane Silva de Jesus, 25 anos, acusada de tráfico e associação para o tráfico.


Em Eunápolis, um dos alvos da operação foi localizado no bairro Alecrim I, mas conseguiu escapar de uma troca de tiros com os policiais.


De acordo com a Polícia Civil, o homem morto em Santa Cruz Cabrália respondia a processos na Comarca de Belmonte pelos crimes de tráfico de drogas e roubos e era investigado como autor do assassinato de Cleiton Silva dos Santos, em 30 de maio deste ano, naquela cidade.


A diretora do Depin destacou o principal objetivo das ações. “Com o sentimento de pertencimento e união traduzido no próprio título dessa operação, estamos mais uma vez realizando ações com o objetivo principal de coibir à criminalidade e à violência no interior da Bahia”, afirmou Rogéria Araújo.


A diretora do Depin acrescenta. “A população também pode ajudar denunciando no Disque Denúncia da Secretaria da Segurança (SSP), ligando para o 181. Não precisa se identificar”, informou.




Fonte: Radar64

Sem comentários

Enviar um comentário

Mais
© EQUIPE DE IMPRENSA
EMPRESA MJM COMUNICAÇÃO E PUBLICIDADES CNPJ: 40.198.174/0001-25.