ELEIÇÕES 2024

ELEIÇÕES 2024

Eunápolis: sem saber de mandado, mulher investigada por estelionato é presa ao registrar queixa em delegacia

terça-feira, 26 de março de 2024

/ Por: ...

Uma mulher, suspeita de aplicar golpes por meio da venda de material de construção que não era entregue, foi presa na manhã desta terça-feira (26), em Eunápolis, enquanto registrava um boletim de ocorrência na delegacia de polícia.

A reportagem do Radar News descobriu que Analete Mota Rodrigues, de 36 anos, estava na unidade policial acompanhada de um advogado e desconhecia que estava com prisão preventiva decretada pela Justiça, no âmbito do inquérito que a investiga por estelionato.

No local, os agentes da Polícia Civil cumpriram a ordem judicial imediatamente e a conduziram para a carceragem.



MAIS DE 30 DENÚNCIAS RECEBIDAS
 –
No início de março, Analete Mota foi interrogada na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos porque já existiam aproximadamente 20 boletins de ocorrência registrados contra ela. Após a repercussão dos fatos, mais vítimas procuraram a polícia, elevando o total de denúncias para 30.


O pedido de prisão preventiva, formulado pelo delegado Hermano Costa, foi aceito pela 2ª Vara Criminal nove dias após o depoimento. Desde então, os investigadores vinham tentando efetivar a prisão.


VENDAS NÃO CONCRETIZADAS – De acordo com o inquérito policial, as vítimas afirmaram que Analete anunciava os produtos em uma página do Facebook e, após receber o pagamento, não realizava as entregas, tornando impossível qualquer contato posterior.


As denúncias vieram de várias localidades, incluindo Arraial d’Ajuda, Trancoso, Belmonte, Guaratinga e a própria Eunápolis.


No momento em que foi levada à delegacia para prestar depoimento, no início de março, Analete por abordada pela reportagem, mas optou por não se pronunciar sobre as acusações. O espaço está aberto para que ela possa, se desejar, apresentar sua versão dos fatos.


DENÚNCIAS / FURTOS E ROUBOS
A Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos mantém um canal no WhatsApp, por meio do qual a população pode enviar denúncias. O sigilo é garantido: (73) 98168-0106.

Fonte: Radar.News

Mais
© BAHIA NA NET - NOTÍCIAS
Todos os direitos reservados.