O Hospital Regional de Eunápolis retomou a realização de cirurgias eletivas com um mutirão que beneficiou 50 pacientes durante o fim de semana. O esforço concentrado envolveu cirurgiões, anestesista, equipe de apoio e novos equipamentos que garantiram a segurança e a modernização dos procedimentos.

A realização de cirurgias eletivas estava suspensa há dois anos devido à pandemia da Covid-19. Com a situação favorável e a necessidade de diminuir a fila de espera, a prefeita Cordélia Torres determinou a retomada dos procedimentos.


Foram realizadas cirurgias como colecistectomia (remoção de vesícula), histerectomia (remoção do útero), hernioplastias (remoção de hérnia), vasectomia e laqueadura. Parte das intervenções foi feita por videolaparoscopia (técnica com auxílio de câmera integrada), procedimento menos invasivo para os pacientes.

A dona de casa Nadir Maria de Jesus, de 59 anos, foi beneficiada com uma histerectomia. “Já faz mais de dois anos que eu estava correndo atrás dessa cirurgia, sofrendo, foi tanta luta e agora eu consegui. Eu fico muito contente, alegre, agradeço muito à equipe. Prefeita Cordélia, agradeço muito o que a senhora está fazendo por nós e pela cidade”, agradeceu.


Para a prefeita Cordélia Torres, o mutirão teve um resultado bastante positivo. “O Hospital Regional retomou a realização de cirurgias eletivas com um mutirão que possibilitou a resolução dos problemas de saúde de 50 pessoas, sempre prezando pela qualidade do atendimento ao cidadão e no serviço prestado”, pontuou.

 

Ascom – Prefeitura de Eunápolis (BA)

BAHIA NA NET - NOTÍCIAS
BAHIA NA NET - NOTÍCIAS