Motorista do Rabecão é preso após furtar arma de perito dentro do alojamento do DPT - BAHIA NA NET - NOTÍCIAS

DESTAQUES

PUBLICIDADES

PUBLICIDADES

terça-feira, 28 de dezembro de 2021

Motorista do Rabecão é preso após furtar arma de perito dentro do alojamento do DPT

O fato aconteceu na tarde da última quarta-feira, 22 de dezembro, por volta das 14h30, no DPT de Teixeira de Freitas, quando um perito de plantão sentiu falta da sua pistola (de uso particular), após ter deixado a arma no alojamento enquanto teria saído para almoçar. O caso foi levado ao coordenador do DPT, que de imediato registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas.

Após o registro do Boletim, os peritos de plantão e investigadores do SI da Polícia Civil começaram a ouvir todos os servidores, montando uma linha de investigação. A expertise dos policiais, as evidências e as oitivas, levaram os policiais ao autor do furto da arma. Trata-se do servidor terceirizado, Averaldo Magalhães da Cruz, de 43 anos, que foi preso em flagrante delito e imediatamente levado para a custódia da delegacia.


Após a oitiva, Averaldo confessou o furto, e devolveu a arma para o delegado titular, Ricardo Amaral. A arma, uma Pistola 9mm, foi restituída ao perito após os procedimentos de praxe. A Reportagem do Liberdade News conversou com o delegado Ricardo Amaral, e ele disse que o Averaldo ficou preso por 02 (dois) dias e que já está solto por conta de uma liberdade provisória, concedida na sexta-feira (24), pelo Juiz plantonista da Comarca Criminal de Teixeira de Freitas.


Ainda segundo o delegado, o Averaldo foi flagranteado por crime de furto e posse ilegal de arma de fogo. Por estar prestando serviços em instituição pública, ele foi indiciado por crime de peculato, que é um crime de desvio de um bem ou valor público por funcionário que tenha acesso a eles em razão da sua função. É crime específico do servidor público (ou equiparado) e trata-se de um abuso de confiança pública. Apesar so fato ter acontecido no dia 22, somente nesta segunda-feira (27) nossa reportagem teve acesso às informações, pois as investigações corriam em sigilo, e segundo o delegado, as investigações não vão parar por aí.


Nossa equipe de reportagem conversou com a Coordenadoria Regional de Polícia Técnica (CRPT) de Teixeira de Freitas, e o coordenador, Eder Amorim, confirmou que o funcionário terceirizado, que exercia a função de motorista foi detido após ter subtraído bens no local de trabalho. Segundo o coordenador, foi solicitado, imediatamente, a demissão do motorista, que ficou detido em flagrante na 8ª CORPIN, e que depois ele teve a liberdade provisória concedida pela Justiça.



Fonte: Liberdade News

PUBLICIDADES

Responsive Ads Here