Herança maldita deixada pelos fraternos: Cemitério de veículos sucateados do município de Eunápolis impressiona, só ambulâncias são oito

terça-feira, 3 de agosto de 2021

/ Por: ...

Os olhos não acreditam no que vêem, diante do cenário de irresponsabilidade com o patrimônio público. São automóveis, ônibus escolares, ambulâncias, vans, caminhonetes, enfim, veículos que poderiam estar atendendo a população, mas foram sucateados, reduzidos a um amontoado de ferro-velho.

Os veículos em questão formam um cemitério de carros com prejuízo milionário para o contribuinte e, são a herança que recebeu o governo da atual prefeita, Cordélia Torres (DEM), deixada pela gestão Robério Oliveira (PSD) e seu grupo político, que governou a cidade de Eunápolis até o ano passado (2020), tendo perdurado por 16 anos no poder.

O cemitério de veículos sucateados, foi armazenado providencialmente na Secretaria Municipal de Serviços Públicos, mas há ainda carros em outros locais; três estão na área do CCZ e mais uma ambulância no pátio dos fundos do HGE.

A falta de manutenção, fruto da corrupção que imperou no município por quase duas décadas, fez com que uma frota, que daria para montar uma mega concessionária, fosse depredada, com muitos veículos ponta de linha, INCLUSIVE OITO AMBULÂNCIAS, totalmente destruídos por não terem a devida manutenção, prejudicando a eficiência da administração pública.


A prefeitura de Eunápolis convive atualmente com a drástica realidade do sucateamento da máquina pública, resultado de desvios multimilionários que lesaram milhões em recursos do erário, como, comprovado nas investigações da polícia federal - Gênesis e Fraternos - em detrimento de equipamentos públicos, tendo como o exemplo, a frota de veículos, completamente destruída, revelando o alto preço da corrupção.

Fonte: Cdn24horas

Sem comentários

Enviar um comentário

Mais
© EQUIPE DE IMPRENSA
EMPRESA MJM COMUNICAÇÃO E PUBLICIDADES CNPJ: 40.198.174/0001-25.