Depois do impasse ocasionado pela proibição da Embasa no descarte de resíduos de fossas sépticas (efluentes) na estação de tratamento da empresa, no município de Eunápolis, a Prefeitura, em nome da municipalidade, agiu para intervir e garantir que as empresas que prestam o serviço sanitário de coleta e limpeza de fossas residenciais, por meio de caminhões coletores, destinassem o material para a estação de tratamento, garantindo o destino final dos resíduos, sem agressão ao meio ambiente.

O secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Flamarion Matos, e o procurador do município Antônio Pitanga estiveram em entrevista à emissora de rádio 104,9 FM Vida, no início da tarde de quarta-feira (11), tratando do compromisso de Eunápolis com a segurança sanitária dos cidadãos, inclusive com a notificação de acatamento da Embasa.

A Prefeitura de Eunápolis entende que a construção do diálogo requer posições definidas sobre os interesses da coletividade, que atendam em primeiro momento as necessidades da população.


Por: Bahiananet.com.br / Sucom prefeitura de Eunapolis

BAHIA NA NET - NOTÍCIAS
BAHIA NA NET - NOTÍCIAS