ESCÂNDALO: Técnico em manutenção de máquinas hospitalares desmente vídeo publicado pela prefeitura e afirma que a máquina de hemodiálise não está funcionando no hospital regional

domingo, 18 de abril de 2021

/ Por: ...

Por: Aline Werneck 

Na tarde deste domingo (18) o técnico em manutenção de maquinas hospitalares, Givaldo Alves, fez uma grave denúncia contra a administração pública. Segundo Givaldo, a Prefeita Cordélia Torres e seu núcleo de comunicação está veiculando um vídeo onde supostamente uma máquina de hemodiálise estaria operando dentro do hospital regional, fato que, segundo o perito em manutenção de maquinas de hemodiálise é mentira. A entrevista foi concedida a jornalista Alinne Werneck. 

ENTENDA OS FATOS

No decorrer da última semana foi veiculado nas redes sociais da prefeitura um vídeo onde uma paciente estaria realizando o procedimento de diálise dentro do hospital regional, procedimento que jamais ocorreu anteriormente, devido à falta de estrutura técnica para a realização do procedimento. Neste sentido, sites e blogueiros ligados a prefeitura começaram a propagar o vídeo como um marco no mandato de apenas 4 meses da prefeita Cordélia Torres, que também fez menção a este “suposto” avanço em saúde em sua gestão. 

Contudo algumas pessoas estranharam este fato, inclusive médicos e enfermeiros, que acabaram colocando em cheque a veracidade da informação. Por fim, o técnico em manutenção de maquinas hospitalares, Givaldo Alves, desmentiu a situação e concedeu uma explicação técnica e de fácil entendimento para que a população entenda que o vídeo trata-se de um engodo a população.

FALTA INSUMOS E GENTE CAPACITADA PARA OPERAR A MAQUINAS

De acordo com informações apuradas pelo técnico em manutenção de maquinas, a máquina de hemodiálise para estar operando necessita de insumos que ainda não foram adquiridos pela prefeitura, a exemplo dos elementos filtrantes. Pelo vídeo publicado, Givaldo afirma que só em observar pôde constatar que a máquina está com defeito, e também não há nefrologista contratado pelo município para atuar no hospital regional para realizar a hemodiálise. 

“Eles têm que aprender a falar a verdade para a população, não dá mais para aguentar tanta mentirada, tanta inverdade e o povo sofrendo, morrendo pela falta deste equipamento... para poder ganhar aplausos ela tem que colocar para funcionar de verdade, não é fazer videozinhos e tentar se promover porque não vai conseguir, pois nós estamos aqui para combater este tipo de coisa”. Givaldo Alves.

Sem comentários

Publicar um comentário

Mais
© EQUIPE DE IMPRENSA
BahiaNaNet.com.br TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.